Secretário de Governo tentou convencer Moro a conceder troca na PF do Rio pedida por Bolsonaro

 

 

 

Secretário-geral do governo Bolsonaro, o ministro Luiz Eduardo Ramos tentou convencer o ex-ministro da Justiça Sergio Moro, a ceder à vontade de Jair Bolsonaro e permitir a troca no comando da Polícia Federal do Rio de Janeiro.

Em depoimento à PF no dia 12 de maio, o general da ativa disse não ter conhecimento da intenção do presidente da República de ser “informado” sobre operações e que o assunto “não foi tratado” entre Bolsonaro e Moro.

No entanto, mensagens trocadas no Whatsapp indicam outra versão. Em uma delas, de acordo com a coluna Radar, da revista Veja, Ramos apela para que o então ministro da Justiça tivesse “sensibilidade com as preocupações de Bolsonaro no Rio”.

O general, que trocou de celular nesta semana, sugeriu que tudo ficaria bem se a PF do Rio fosse liberada ao presidente.

Bocão News

Deixar uma Resposta

Não serão autorizados comentários com palavras de teor ofensivo, como xingamentos, palavrões e sobretudo ofensas pessoais.