Secretaria de Saúde de Cairu celebra Dia Nacional de Luta Antimanicomial

A Secretaria de Saúde de Cairu, por meio do CAPS e do NASF, realizou atividades voltadas à conscientização da população em geral, em especial crianças e adolescentes, sobre a importância da saúde mental. A programação é alusiva ao Dia Nacional de Luta Antimanicomial, comemorado neste sábado (18). A data  foi instituída para dar visibilidade ao Movimento de Luta Antimanicomial, cuja proposta é tratar a pessoa com transtorno mental de forma humanizada, resgatando a participação familiar e comunitária, e substituindo o modelo baseado na hospitalização perene.  

Palestras, rodas de conversas, exibição de vídeos e dinâmicas de grupo fizeram parte das atividades desenvolvidas nas dependências da Câmara Municipal, tendo como público alvo estudantes do Colégio Cândido Meireles e da Escola Abdon Abdala, professores e pacientes do CAPS. Entre as temáticas abordadas estiveram o histórico da luta antimanicomial, prevenção das doenças mentais e os seus direitos. 

“É fundamental combater o preconceito acerca das doenças mentais, assim como tratamos da saúde do corpo devemos buscar auxílio para tratar das doenças da mente. Buscar ajuda e contar com o apoio dos familiares fazem toda a diferença no processo de cura e ressocialização. Crianças e adolescentes são vetores importantes na disseminação de informações para toda a família, por isso foram o público alvo desta ação”, enfatizou a secretária de Saúde, Italuana Guimarães. 

No município de Cairu, a rede de atenção psicossocial, desde o ano de 2017, conta com um CAPS localizado na Sede. As unidades de saúde das localidades também estão aptas para fornecer o apoio e os encaminhamentos necessários para os pacientes que sofrem de doenças mentais.
ASCOM

Deixar uma Resposta

Não serão autorizados comentários com palavras de teor ofensivo, como xingamentos, palavrões e sobretudo ofensas pessoais.