Secretaria da Educação de Cairu promove encontro para discutir diretrizes da Educação Quilombola

Com o objetivo é ampliar o debate sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Escolar Quilombola e o papel da escola e da sociedade para a implementação da educação cada vez melhor para as relações étnico-raciais, a Secretaria Municipal da Educação de Cairu promoveu na última sexta-feira (16), no Convento Santo Antônio, um encontro com as lideranças das comunidades quilombolas do município – arquipélago. Estiveram também presentes os gestores das escolas existentes em comunidades quilombolas, coordenadores e representantes de associações, entre elas: Clube das Mães (Sede), AMEGA (Galeão), Luz Cultural (Boipeba), Associação de Moradores e Pescadores de Torrinhas, e Associação de Moradores de Moreré. 

Os trabalhos foram conduzidos pela coordenadora de Educação Quilombola, Zenaide Santos, participaram ainda os alunos cairuenses do curso de graduação em Educação no Campo, da UFRB, voltados para quilombolas. De acordo com a coordenadora, o próximo passo agora será a formação de uma comissão composta pela Secretaria da Educação, Conselho de Educação e lideranças quilombolas para que seja criado um plano de ação especificamente voltado para as escolas quilombolas do município. 

Atualmente, o município conta com sete comunidades quilombolas reconhecidas, são elas: Cajazeira, Prata, Rua do Fogo, Batateira, Galeão,Torrinhas e Monte Alegre. A secretária de Educação, Luana Figueiredo, salienta a necessidade de se pensar e construir uma Educação Escolar Quilombola no município de Cairu que de fato incorpore as demandas educacionais dessas comunidades, de modo a valorizar os saberes tradicionais e o modo de vida local.
ASCOM
Os comentários estão fechados.