São Paulo decide que Jean não vestirá camisa Tricolor e quer dispensá-lo por justa causa

 

 

 

O elenco do São Paulo voltará de férias nesta quarta-feira (8) e a diretoria tricolor vai poder anunciar de que forma o goleiro Jean será dispensado, já que a decisão foi tomada de que ele não permanecerá no clube. O goleiro agrediu a ex-esposa, Milena Bemfica, e isso gerou uma repercussão negativa, manchando a imagem do São Paulo.

Jean Paulo Fernandes Filho tem contrato com o Tricolor até dezembro de 2022 e o clube ainda procura um respaldo jurídico para demitir o atleta por justa causa. Caso isso não possa acontecer, o São Paulo buscará uma outra agremiação para Jean, liberando o mesmo de forma gratuita, apenas o outro clube arcando com todo o salário do jogador.

O Ceará demonstrou interesse pelo arqueiro e chegou a estar próximo de um anúncio, mas a repercussão negativa por grande parte da torcida do Vozão fez com que a diretoria recuasse e desistisse da contratação do jogador.

Bocão News

Os comentários estão fechados.