Robson Conceição: Baiano chega à 10ª vitória e mira campeões

 

O baiano Robson Conceição, de 30 anos, obteve na noite deste sábado sua décima vitória como profissional. Em luta realizada na cidade norte-americana de El Paso, no Texas, ele bateu o canadense Joey Laviolette por pontos após duelo de oito rounds válido pelo peso super-pena (58,97kg). Os três jurados deram placar de 80 a 72 em favor do brasileiro, campeão olímpico nos Jogos do Rio, em 2016.

O canadense tinha um cartel muito similar ao do brasileiro, com dez lutas e apenas uma derrota – Conceição havia feito sua última luta em agosto, quando venceu por decisão unânime Edgar Cantu, também nos Estados Unidos. E o combate deste sábado foi, de fato, equilibrado.

O baiano foi mais dominante, mas também se expôs e mostrou vulnerabilidade, que o rival canadense não soube aproveitar. Depois de sacramentada a vitória, Conceição pediu para enfrentar rivais mais fortes rumo a um cobiçado título mundial: “Quero os campeões”, disse Conceição após a luta.

Terminando seu segundo ano como profissional, Robson não está próximo da disputa de um cinturão. Terá que passar ainda por alguns testes antes de ganhar a chance de lutar pela cinta dos super penas. A grife de campeão mundial, contudo, ajuda. Em dezembro, Robson pode lutar novamente. E em 2019 fará outros duelos na primeiro semestre, conta rivais cada vez mais complicados. É o caminho natural.

“Quanto mais eu treino mais preparado e confiante eu fico, obrigado senhor obrigado a todos que acreditam no meu trabalho e principalmente a minha equipe”, postou na rede social o pugilista baiano.

Tribuna da Bahia

Deixar uma Resposta

Não serão autorizados comentários com palavras de teor ofensivo, como xingamentos, palavrões e sobretudo ofensas pessoais.