Prefeitura de Cairu promove reunião sobre ordenamento das piscinas naturais de Moreré e Garapuá

A Prefeitura de Cairu, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável em parceria com a Secretaria de Turismo, Diretoria de Tributos e Procuradoria Jurídica, promoveu nesta terça-feira (04/12) em Boipeba uma reunião com a comunidade e representantes de diversos segmentos do trade turístico para tratar sobre o ordenamento das piscinas naturais  de Moreré e Garapuá. A iniciativa contou com o respaldo técnico de pesquisadores do Instituto de Geologia e Oceanografia (IGEO) da Universidade Federal da Bahia – UFBA. 

Na principal pauta do encontro estiveram as medidas que serão implementadas nos próximos meses para conter os impactos ambientais causados pelo crescimento exponencial  nos últimos anos do número de visitantes nas piscinas, bem como do número de lanchas. De acordo com os estudos técnicos elaborados pelo IGEO, é possível  com um maior ordenamento dessa atividade, por meio de limitações no número de visitantes por dia e conscientização da comunidade e dos turistas, recuperar os recifes mais impactados. 

Entre as medidas a serem implantadas estão:  delimitação de uma área de freqüência exclusiva de banhistas, impedindo a navegação de lanchas por essas áreas, com a finalidade de evitar acidentes;  definição de locais de acesso para entrada e saída das lanchas na região das piscinas;  limitação diária de freqüência de banhistas a 1000(mil) pessoas por dia, tanto nas piscinas de Moreré, como de Garapuá, além  do início de um programa permanente de monitoramento do impacto causado pelos banhistas nos recifes de corais para que se possa produzir um zoneamento especifico do uso destas piscinas.
ASCOM

Deixar uma Resposta

Não serão autorizados comentários com palavras de teor ofensivo, como xingamentos, palavrões e sobretudo ofensas pessoais.