Novo currículo da Rede Municipal é construído em Cairu

A ação mais importante que a secretaria da Educação de Cairu (Seduc) vem executando desde o início de maio é a formação para a “reelaboração do referencial curricular municipal”, exercício obrigatório previsto pela Lei de Diretrizes de Bases da Educação (LDB), que tem como referência a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e suas premissas. Em Cairu, neste árduo e prazeroso trabalho, existem muitas mãos envolvidas na sua construção. São mais de 250 participantes, entre técnicos, gestores, coordenadores pedagógicos, professores, auxiliares de ensino e conselheiros municipais de Educação.
O maior objetivo desta ação formativa, realizada em todos os municípios baianos, é a capacitação do pessoal que erguerá o Referencial Curricular do Município (RCM), tendo como base o Documento Curricular Referencial da Bahia (DCRB), contemplando adaptações, contextualizações locais e territoriais, para a posterior análise e aprovação do Conselho Municipal e homologação do documento (RCM) pela secretaria da Educação.
A Reelaboração do Referencial Curricular do Município de Cairu é uma ação do Programa de Reelaboração dos Referenciais Curriculares nos Municípios Baianos, que conta com as parcerias da Undime (União dos Dirigentes Municipais de Educação), Uncme (União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação), Ufba (Universidade Federal da Bahia) e Fundação Itaú Social.
Na prática, as equipes técnicas, gestores, coordenadores pedagógicos, professores, auxiliares de ensino e conselheiros municipais de educação estão analisando o DCRB para, a partir deste, produzir e sistematizar o referencial curricular cairuense, contemplando as especificidades físicas, econômicas, sociais, culturais locais.
Em Cairu, assim como na maioria dos municípios brasileiros, nunca houve um processo de elaboração curricular desenvolvido de forma tão democrática, horizontal, colaborativa, dialógica, possibilitando a participação dos diversos atores da rede municipal, não somente nas discussões, mas na escrita do documento.
O trabalho está dividido em quatro Grupos de Estudo e Aprendizagem (GEAs): na Educação Infantil, com coordenação da professora Katharine Roseira Barbosa; no Ensino Fundamental Anos Iniciais Ciclo de Alfabetização, a coordenação é do professor Joilson Batista; no Ensino Fundamental Anos Iniciais 3º ao 5º ano, a coordenação está com os professores Tácio Silva e Lina Magalhães; enquanto o Ensino Fundamental Anos Finais (6º ao 9º ano), a coordenação é composta pelos professores Hélio de Cristo, Anderson Teles e Jorge dos Santos da Silva. Os GEAs utilizam as tecnologias digitais para as discussões e realização das atividades, que acontecem semanalmente.
Portanto, após a etapa de discussão e realização das atividades, ocorrerá a escrita do documento que servirá de base para o trabalho pedagógico em todas as escolas da rede municipal de Cairu. As atividades tem previsão de término no mês de outubro, quando o documento deverá ser apreciado e aprovado pelo Conselho Municipal de Educação. Todo esse processo conta com a supervisão da articuladora municipal Maria Cristélia Maciel e da Comissão Municipal de Governança.
ASCOM
Os comentários estão fechados.