Ministro do STF envia para Justiça Federal em Brasília processo por desvio de verba contra Fernando Torres

[Ministro do STF envia para Justiça Federal em Brasília processo por desvio de verba contra Fernando Torres]

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello enviou para a Justiça Federal de Brasília um inquérito contra o ex-deputado federal Fernando Torres (PSD), suspeito de desvio de verba da cota parlamentar, falsificação de documento público e lavagem de dinheiro.

A peça antes havia sido remetida para a primeira instância em Brasília, mas a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu por entender que, como os recursos supostamente desviados saíram da Câmara, a Justiça Federal é quem deveria analisar o caso. 

Em outubro de 2013, a Polícia Federal solicitou ao STF autorização para investigar Torres, que usou notas fiscais de duas empresas acusadas de integrar um esquema de corrupção e lavagem de dinheiro para pedir reembolso à Câmara: a MC Incorporação e a Gold Incorporação e Consultoria. Suspeita-se que ele e outros quatro deputados utilizaram as empresas para desviar recursos da cota parlamentar.

 

 

 

 

Jornal Correio.

Deixar uma Resposta

Não serão autorizados comentários com palavras de teor ofensivo, como xingamentos, palavrões e sobretudo ofensas pessoais.