Mate 30: Huawei promete ‘instalação fácil’ de apps da Google

 

 

 

Durante a IFA 2019, a Huawei confirmou que os celulares da linha Mate 30 chegarão com Android, mas não contarão com aplicativos da Google, como Gmail e a até mesmo a Play Store. A companhia, porém,  disse que está trabalhando para “facilitar” o processo de instalação dos serviços da gigante de Mountain View em seus novos smartphones.

O Mate 30 vai utilizar o Android Open Source Project (AOSP), versão aberta do sistema operacional que não possui vínculo direto com a Google e, consequentemente, não conta com a Play Store. Isso permite que a fabricante chinesa utilize a solução em seu smartphone sem violar as sanções dos Estados Unidos.

 

 

De acordo com Richard Yu, diretor de consumo da Huawei, a versão com código aberto do Android traz “muitas possibilidades” e os usuários não terão dificuldades para encontrar formas de baixar os aplicativos da Google nos dispositivos Mate 30. De acordo com o executivo, a empresa já está trabalhando com desenvolvedores terceirizados em possíveis soluções.

Apps da Google em outra loja

Para contornar a situação, a Huawei pode trazer uma loja de aplicativos de terceiros pré-instalada em seus aparelhos. Assim, o usuário teria a opção de baixar os serviços da Google nos celulares da empresa. Em maio, o serviço português Aptoide demonstrou interesse em substituir a Play Store nos dispositivos da marca chinesa.

Segundo explica o Android Authority, a fabricante asiática Meizu utilizou essa alternativa em seus celulares no passado e mostrou que essa é uma alternativa viável. A principal polêmica que pode surgir em relação à presença de uma loja terceirizada pré-instalada nos produtos da Huawei é a segurança, afinal, se a própria Play Store sofre com apps maliciosos, soluções externas podem trazer ainda mais problemas.

A Huawei deve tirar todas as dúvidas sobre seus futuros smartphones em 19 de setembro, data em que a firma vai apresentar o Mate 30 e o Mate 30 Pro.

TecMundo

Os comentários estão fechados.