Lucro da Caixa sobe 122% no terceiro trimestre para R$ 4,8 bi

[Lucro da Caixa sobe 122% no terceiro trimestre para R$ 4,8 bi]

A Caixa Econômica Federal reportou nesta quarta-feira (14) lucro líquido de R$ 4,8 bilhões no terceiro trimestre, alta de 122% em relação ao mesmo período de 2017.

No acumulado do ano, o lucro do banco estatal chegou a R$ 11,5 bilhões, um crescimento de 83,7% sobre 12 meses e acima do resultado projeto para 2018, de R$ 9 bilhões.

Nelson Antônio de Souza, presidente da Caixa, diz que o resultado recorde no trimestre demonstra que o banco é sólido, eficiente e cresce de forma orgânica e sustentável.

Segundo ele, os números são resultado da redução de 6,2% nas despesas com pessoal, na comparação com o ano passado, e aumento da receita com prestação de serviços (+12,9%).

O banco também viu cair a inadimplência, de 2,72% no terceiro trimestre de 2017 para 2,44% agora, e reduziu em 15,4% sua provisão para crédito duvidoso.

A carteira de crédito ampla da Caixa até setembro, no entanto, encolheu 2,6% na comparação em 12 meses, somando R$ 693,8 bilhões. O banco diz que o movimento ainda reflete a estratégia de equilibrar a estrutura de capital.

Todos os segmentos registraram queda, exceto habitação e infraestrutura. A carteira imobiliária, que já representa 63% da carteira total da Caixa, somou R$ 440,5 bilhões, aumento de 2,7% em 12 meses, impulsionada pelas operações com recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), que atingiram R$ 258,5 bilhões. Com recursos da poupança, a queda foi de 8,1%, para R$ 186 bilhões.

Em infraestrutura, houve aumento de 2,2% na comparação anual, para R$ 83 bilhões. A carteira de pessoa jurídica encolheu 22,1% no terceiro trimestre, a de pessoa física perdeu 12,9% e a comercial caiu 17%, sempre em relação a igual período de 2017.

Os comentários estão fechados.