Isnar Luz, do Ponto de Vista e filho de Valença é processado pelo deputado Hildécio Meireles por falar a verdade e mostrar os fatos.

IMG-20140630-WA0004

 

Esta semana, eu Isnar Luz, recebi uma intimação para comparecer à delegacia e prestar depoimento relacionado a uma queixa-crime, ora aberta pelo então deputado estadual Hildécio Meireles contra a minha pessoa. Fui à delegacia e me concedi o direito de somente e tão somente me pronunciar em juízo.

1

Passei alguns momentos com este sujeito e sempre esperei que ele me surpreendesse e mais uma vez vou dizer aqui: Não me causou espanto a atitude mesquinha e ditadora com que pretende calar as pessoas e a imprensa. A questão em causa desta vez foi o fato de eu ter publicado e dado maior NOTORIEDADE e até detalhado uma publicação, ora feita pelo Jornal Bahia Notícias, onde citava o filho do deputado como funcionário da Assembléia Legislativa da Bahia e assessor direto do deputado Rogério Andrade, deputado este apoiado por Hildécio quando era prefeito de Cairu e também por ter acrescentado alguns adjetivos como VERGONHOSO E IMORAL.  

Ainda bem que este rapaz é apenas um futuro ex-deputado e graças a Deus e à democracia que conquistamos a duras penas, que, aliás, ele não sabe o que é isto e o que significa, porque a sua linhagem de “Coroné” não permite. Acho que nunca leu sobre democracia, nunca atuou democraticamente para nada e por nada e não saberia entender o significado de IMORALIDADE e muito menos saberia traduzir o que de fato atinge a nossa HONRA. Honra deriva de honrar compromissos deputado Hildécio Meireles; honra pressupõe ter todas as contas em dia; honra deriva de respeitar a liberdade das verdades pronunciadas e escritas, sobretudo quando há robustez de provas, onde o óbvio é sinônimo de clareza e transparência, deputado. Não sou mentiroso, deputado Hildécio Meireles e estarei sempre a serviço da verdade, do meu povo Valenciano e da minha cidade de que tanto amo. Você não é daqui e não conhece a forma ordeira e simples do nosso povo. Procure recorrer aos seus anais e aos dicionários da sua parca e encolhida biblioteca, que a mim parece muito mais charmosa do que literalmente valiosa, do PONTO DE VISTA daquilo que lhe falta: Humildade, simplicidade, respeito pelas pessoas e principalmente por ser figura pública e está exposto a tudo isto, a menos que seja totalmente ficha limpa e não tenha o seu nome associado aos Tribunais de Contas. Os queixosos e cobradores de plantão são os órgãos para quem você deve dinheiro e satisfação deputado, mas que até agora só se encheu de vaidades políticas para mostrar as suas covardias. Acho covarde, mesquinho e desnecessário processar um filho de Valença DEPUTADO e principalmente porque o ajudou na sua eleição para deputado estadual, embora hoje muito arrependido. Não irei me acovardar e me intimidar com as suas representações contra mim, deputado. Tudo isto me deu mais coragem para continuar exercendo o meu direito de imprensa e divulgar as mazelas da sua política construída com base nos medos e receios dos eleitores e daqueles que não podem dizer o que sente e pensa, como eu.

O que é vergonhoso e imoral, futuro ex-deputado? Levante-se desta poltrona de Coroné, baixe suas armas, baixe a sua cabeça e se proponha a pensar sem ser protagonista de uma cena pitoresca qualquer do filme “Os Intocáveis”. Compreendo e te recomendo deputado, que seja mais altruísta e perceba que para o bem de Cairu, o melhor é continuar com o prefeito Fernando Brito, um homem de Deus e do Povo.

Sou filho de Valença e não tenho medo de ti futuro ex-deputado, futuro ex-politico. Um conselho de um ex-admirador e ex-eleitor: Queira entender mais do que ser entendido e em vez de sair processando de forma alheia, em vão e bagunçando a política dos Municipios, você poderia ganhar este tempo para fazer uma reciclagem: “Sair desta plataforma terrestre e voar para Marte e assim, quem sabe lá você poderá povoar um clã de coronéis”. Valença e o Baixo-Sul te reprovarão nas urnas, deputado. Eu comandarei, pessoalmente, a sua derrota política, deputado. Ainda é muito cedo para fazer as leituras e as visualizações necessárias rumo a uma compreensão imediatista, deputado. Deus existe e ele será o meu advogado, deputado. A justiça não é cega e já não tarda tanto, deputado. Valença se libertará de ti como Cairu se libertou e a justiça me absolverá das suas acusações. Um abraço, ex-futuro deputado.

Do Ponto de Vista: Isnar Luz (sem enganos e desenganos)

Processado pelo futuro ex-deputado e futuro ex-político Hildécio Meireles.

“No cabo da minha enxada não conheço o coroné”

 

coronelismo

 

2 Responses to “Isnar Luz, do Ponto de Vista e filho de Valença é processado pelo deputado Hildécio Meireles por falar a verdade e mostrar os fatos.”

  1. José Fábio

    “Valença se libertará de ti como Cairú se libertou…”

  2. Anderson

    Odiernamente, tentar subjugar a imprensa é um tiro (com uma bala) que acerta fatalmente os próprios pés (esquerdo e direito) e mãos (esquerda e direita) simultaneamente, Graças a Deus. É algo mais que infantil. Até por quê, apenas numa cabecinha fantasiosa de uma criancinha, isso seria possível. Que lástima.

Os comentários estão fechados.