Defensoria pede prisão domiciliar a 180 presos por conta de superlotação em prisão no Sul da Bahia

prisao-domiciliar

A Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA) pediu prisão domiciliar para mais de 180 presos do Conjunto Penal de Eunápolis, no extremo sul da Bahia, nesta terça-feira (10). 

De acordo com o órgão 113 presos estão dividindo um espaço “insalubre e degradante” e ainda precisam fazer revezamento para dormir.

A Defensoria também pede que 70 detentos do regime semiaberto, que dividem o mesmo local com os internos do regime fechado também cumpram suas penas em casa.

O Conjunto Penal de Eunápolis é o único do município que abriga presos condenados do sexo masculino.

 

Varela Notícias

Os comentários estão fechados.