Cofundadores do Google deixam empresa após 21 anos

Os cofundadores do Google Sergey Brin e Larry Page

Os dois cofundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, anunciaram nesta terça-feira a saída de ambos da Alphabet, a matriz que controla a gigante de tecnologia. Eles dão lugar a Sundar Pichai, diretor executivo do Google, que agora vai assumir também as rédeas da Alphabet.

Larry Page e Serguei Brin fundaram o Google há 21 anos. “Pensamos que chegou o momento de assumir o papel de pais orgulhosos, que dão conselhos e amor, ao invés de uma intensa vigilância diária!”, escreveram os dois fundadores, que seguem sendo membros do conselho administrativo da Alphabet e acionistas.

A Alphabet foi fundada em 2015 para englobar todas as atividades não centrais do grupo, dos carros autônomos da Waymo à filial Sidewalk Labs, dedicada a projetar “cidades inteligentes”.

Pichai dirigirá um gigante com mais de cem mil funcionários no mundo, que está envolvida em muitas controvérsias relacionadas com sua posição dominante na Internet e nas tecnologias em geral.

Nascido em uma família humilde em Chennai, Índia, estudou no Indian Institute of Technology (IIT) de Kharagpur antes de continuar sua formação nos Estados Unidos e começar sua carreira.

“Sundar aporta humildade e grande paixão pela tecnologia a nossos usuários, a nossos sócios e nossos funcionários a cada dia (…) Não poderíamos encontrar ninguém melhor para levar Google e Alphabet para o futuro”, declararam Page e Brin.

VEJA

Deixar uma Resposta

Não serão autorizados comentários com palavras de teor ofensivo, como xingamentos, palavrões e sobretudo ofensas pessoais.