Carlinhos Maia afirma que Luiza Sonza tratava Whindersson Nunes mal

O humorista Carlinhos Maia resolveu contar um pouco mais sobre a  briga que teve com Whindersson Nunes e Luísa Sonza no passado.  Na época, a cantora disse: “Não deixem esse cara matar meu marido”.

Em entrevista ao programa “Tô de Pan”, de Leo Dias, Carlinhos explicou que a discussão com Whindersson foi profissional, já que os dois faziam o programa “Os Roni”, no Multishow. Mas ele não poupa elogios ao humorista piauiense: “Menino ótimo, menino bom, não tem nem o que falar dele…”, reafirmando que o desentendimento foi no âmbito profissional. 

O humorista disse que, mesmo infeliz, aceitou o trabalho na época, mas acabou tendo atritos. Já sobre Luísa, ele conta que teve um “rancinho” pela forma que ela tratava as pessoas — inclusive Whindersson. “O jeito que ela trata as pessoas não tá bacana… Esse jeito que ela trata ele mesmo não tá bacana”, pensava Carlinhos na época.

Sobre a fase que a cantora vive atualmente, Carlinhos comentou que não acha que a carreira dela vai acabar. Ele disse, inclusive, que gosta de suas músicas e “mexe a raba” com elas. Mas ele continua afirmando que, sim, ela exagerou ao dizer a frase que disse e que ela tem que entender que nem sempre tudo o que ela fala será aplaudido.

Ao falar sobre o relacionamento de Whindersson e Sonza, apesar de dizer que não pode julgar e que existem várias versões, Carlinhos disse que sentia que ele amava muito ela. “Isso é fato. Tanto que se você mexesse com ela, ele vinha que nem um leão. E eu sentia que ela… gostava dele, mas sentia que algo não batia”.

Bocão News

Os comentários estão fechados.