Carballal diz que Lula não deveria ter sido condenado

 

Líder do governo na Câmara de Salvador, o vereador Henrique Carballal (PV) defendeu, ontem, o ex-presidente Lula e disse que ele não deveria ter sido condenado. “Posso afirmar que o processo não deveria tê-lo condenado, não tem provas. Independentemente da posição política, nós precisamos defender um poder judiciário que cumpra o seu papel. Existe um princípio do direito chamado ‘In dubio pro reo’, é uma expressão latina que quer dizer (Na dúvida, em favor do réu)”, declarou o verdista, que já foi filiado ao PT, em entrevista à Rádio Câmara Salvador.

Na entrevista, ele disse ainda que seu partido, o PV, será “compensado”, caso um membro da sigla integre a chapa do pré-candidato ao governo da Bahia, José Ronaldo (DEM). O verdista lembrou que agremiação perdeu o posto de vice-prefeito de Salvador quando Bruno Reis (DEM) substituiu Célia Sacramento. “Entendo que o PV precisa de uma compensação política do grupo liderado por ACM Neto e uma das formas de compensação seria a participação neste processo vitorioso que vai ocorrer em outubro”, afirmou.

Carballal salientou que “não importa” se a legenda vai indicar um postulante a vice ou ao Senado. “Estamos aqui para contribuir”, frisou. Ele ressaltou que, se a campanha oposicionista quiser uma mulher na composição, o PV pode indicar quadros femininos da sigla e citou a vereadora Marcelle Moraes (PV) – irmã do deputado estadual Marcell Moraes (PSDB), antigo desafeto do líder da maioria no Legislativo soteropolitano.

Carballal defendeu a presença do deputado federal Irmão Lázaro (PSC) na chapa, mas se mostrou contra o número 2 do Palácio Thomé de Souza integrar a majoritária. “Acho que Bruno tem um caminho a trilhar. Bruno tem que trabalhar e ajudar o prefeito a concluir a sua gestão. Acho que Bruno tem que se preparar para ser candidato à sucessão de Neto”, avaliou. O vereador voltou a defender que o governo do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), é de “esquerda”. “O prefeito ACM Neto é de esquerda. […] Eu não tenho nenhum receio em afirmar isto. O governo do prefeito ACM Neto é de esquerda. E olhe: o prefeito assumiu o DEM e o DEM nacionalmente começa a atuar no campo”, salientou, ao definir esquerdistas como aqueles que “combatem o status quo”. Questionado sobre o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que tem mostrado bom desempenho nas pesquisas, Carballal disse que o parlamentar é um ‘imbecil’. “Alguém que fala em Bolsonaro como alternativa não pode ser levada a sério. Bolsonaro cresce porque as pessoas querem alguém que enfrente o crime, Bolsonaro se aproveita disso e faz este discurso fácil”.

 

Tribuna da Bahia

Deixar uma Resposta

Não serão autorizados comentários com palavras de teor ofensivo, como xingamentos, palavrões e sobretudo ofensas pessoais.