Banco Mundial confirma indicação para mais um mandato de Weintraub

 

 

O Banco Mundial confirmou que recebeu uma comunicação oficial das autoridades brasileiras que indicaram o ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, para Diretor Executivo representando o Brasil e demais países do seu grupo (constituency) no Conselho de Diretores Executivos do Grupo Banco Mundial.  As informações são do UOL.

Segundo a instituição, o período eleitoral acontece entre 16 de setembro e 15 de outubro de 2020. “Se reeleito pelo seu constituency, ele cumprirá um mandato de dois anos, com início em 1º de novembro de 2020”, diz o banco, em comunicado. 

Assim como fez da primeira vez que Weintraub foi aceito pelo grupo, a instituição ressaltou que “diretores-executivos não são funcionários do Banco Mundial, mas representantes dos nossos 189 acionistas”.

Metro1

Os comentários estão fechados.