Após PMDB limar Lúcio Vieira Lima de vídeo, Bruno Reis diz que deputado “não participa mais do dia a dia do partido”

Após o PMDB da Bahia divulgar um vídeo publicitário em que os irmãos Vieira Lima, que há anos comandam o partido no estado, sequer são citados, o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (PMDB), justificou que o deputado federal Lúcio Vieira Lima afastou-se da sigla. Após o escândalo das malas com R$51 milhões, tanto o parlamentar quanto seu irmão, Geddel, foram escanteados no nino peemedebista. “O deputado Lúcio Vieira Lima não participa mais do dia a dia do partido, que vem sendo tocado pelo deputado Pedro Tavares”, disse Bruno ao BNews.

Diante do desgaste que vem sofrendo nos últimos tempos, o PMDB agora se chamará MDB, e espera atrair novos quadros visando 2018. “O vídeo demonstra a nova cara do PMDB na Bahia, com novas ideias, um partido que está se reestruturando e que vai ganhar uma nova formação. Hoje é composto por vários prefeitos, prefeitos inclusive que representam renovação política em cidades importantes, por novos deputados estaduais e por figuras que querem fazer uma política diferenciada”, acrescentou Bruno.

 

Bocão News

Os comentários estão fechados.