Após ficar entre artilheiros da série B, atacante deve retornar ao Vitória em 2020

 

 

 

 

 

Criticado por grande parte da torcida do Vitória, o atacante Léo Ceará acabou deixando a Toca do Leão e encontrou o caminho dos gols no CRB. Após chegar no time alagoano, em maio, o centroavante se destacou e marcou 14 gols no Brasileirão da série B, o mesmo que os três “camisa 9” juntos que passaram pelo Rubro-Negro: Neto Baiano (1 gol), Anselmo Ramon (7 gols) e Jordy (6 gols).

Atuando em 32 jogos, sendo 31 como titular, Léo Ceará ficou entre os artilheiros da competição, empatado em terceiro lugar com Roger, da Ponte Preta, Zé Roberto, do São Bento, e Hernane, do Sport. Guilherme, do Sport, foi o artilheiro com 17. Fábio, do Oeste, ficou em segundo com 15.

Um dos seus gols, inclusive, foi marcado contra o Vitória, no empate por 2 a 2, no Barradão, que preferiu não comemorar, em meio à polêmica da proibição em atuar na partida devido contrato de empréstimo entre os clubes.

Com o fim do campeonato, o atacante de 24 anos deve retornar ao Rubro-Negro, clube que tem contrato até o final de 2020. Caso seja confirmada sua volta, a apresentação deverá ser em janeiro, durante a pré-temporada do Leão para disputa do Campeonato Baiano.

No entanto, o empresário do atleta, Bruno Ferreira, não nega que uma proposta pode pintar e impedir o seu retorno, o que ainda não aconteceu oficialmente.  Revelado pelo Vitória, Léo já havia sido emprestado para o Confiança, em 2017 e 2018. Lá, ganhou destaque e voltou valorizado, ao ponto de virar titular do Leão na Série A de 2018, pela qual disputou 17 jogos e fez cinco gols.

Bocão News

Os comentários estão fechados.