Alinne Rosa critica fala de ministra: ‘Homofóbicos que tomem no c…’

 

A cantora Alinne Rosa usou suas redes sociais nesta quinta-feira (3) para criticar uma fala da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves. Na sua posse, a nova ministra afirmou que a partir de agora, na “nova era”, “menino veste azul e menina veste rosa”. Um vídeo que circula online mostra a declaração sendo bastante celebrada pelos presentes. 

A fala da ministra gerou muitas críticas. Alinne Rosa foi uma das que ironizou o comentário. Ela publicou uma imagem metade rosa, metade azul, e invertendo a frase dita por Damares. Na legenda, deu vazão a sua indignação: “Meninos de rosa. Meninas de azul. 
E os homofóbicos que tomem no…. Olha, acho q dá até uma musica isso…. ME POUPE!!!!! #homofobiaMATA #euusoacorqueeuquiser”, escreveu.

As imagens foram gravadas ontem após a posse. A ministra diz que o Brasil agora vive uma “nova era” em que “menino veste azul e menina veste rosa”. O público presente na sala a aplaude bastante – o local não é claramente identificável. Há uma pessoa próxima segurando uma bandeira de Israel. 

“É uma nova era no Brasil: menino veste azul e menina veste rosa”, diz a ministra.

A advogada e pastora evangélica assumiu o Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos nesta quarta-feira (2). Em discurso na solenidade de transmissão de cargo a ministra afirmou ainda: “O Estado é laico, mas esta ministra é terrivelmente cristã”. A educadora, que já foi assessora parlamentar do senador Magno Malta (ES), está à frente da pasta que foi criada por Bolsonaro para coordenar políticas e diretrizes ligadas aos direitos humanos.

Veja o vídeo:

Correio

Os comentários estão fechados.