ACM Neto rebate críticas sobre possíveis ‘gastos desnecessários’ com Réveillon: “não falem o que vocês não sabem”

Na última segunda-feira (23), o prefeito de Salvador, ACM Neto, anunciou o novo formato e os detalhes do Réveillon de Salvador, que contará com shows de Ivete Sangalo e Gusttavo Lima, no Forte São Marcelo. Na ocasião, o gestor municipal também revelou os patrocinadores do evento, que terá duração de quatro horas, diferente dos cinco dias de festa do Festival Virada, nos anos anteriores.

O anúncio dividiu opiniões, de internautas por exemplo, que questionaram a necessidade de realizar uma festa em meio à pandemia, principalmente com artistas de cachês supervalorizados, o que motivou um novo pronunciamento do prefeito de Salvador.

Na manhã desta sexta-feira (27), durante coletiva em que confirmou a suspensão do Carnaval em fevereiro, Neto subiu o tom ao rebater as críticas pela realização do réveillon. “Tem uma galera do mal que fica na internet, falando coisas para tumultuar. Então, aqui esclareço: todo cachê dos artistas será pago pelos patrocinadores. 100% do dinheiro pago pelos patrocinadores. Então, por favor, não falem o que vocês não sabem”, declarou.

O prefeito ainda ironizou ao cogitar os lucros que a prefeitura terá com a festa sendo transmitida por emissoras de televisão. “Quanto custa a transmissão nacional que a Globo, que a Bandeirantes e que o Multishow vão fazer? A partir de Salvador, falando da cidade?, questionou. “Queria esclarecer, todos os cachês serão pagos pela iniciativa privada, zero real da prefeitura”, enfatizou.

Bocão News

Os comentários estão fechados.